PROJECÇÃO DOS FILMES: "ESPELHO MEU" de Isabel Noronha e "DOBRA DA CAPULANA" de Camilo de Sousa e Isabel Noronha

Cinema ao ar livre e conversa com os realizadores

6 Apr 23h00
PROJECÇÃO DOS FILMES: "ESPELHO MEU" de Isabel Noronha e "DOBRA DA CAPULANA" de Camilo de Sousa e Isabel Noronha

O filme «Espelho Meu», de Isabel Noronha,  produção cinematográfica de 55 minutos é um documentário que faz reflexão sobre a imagem da mulher representada em quatro países, designadamente: Moçam­bique, Espanha, Irão e Brasil, tendo como dispositivo cinema­tográfico comum o espelho, que é utilizado por cada uma das di­ferentes intervenientes de forma distinta para reflectir a forma de ser da mulher em diferentes cul­turas e lugares do mundo. Teve, além da realização da moçambi­cana Isabel Noronha, as co-rea­lizações de Firouzeh Khosrovani de Irão, Irene Cardona de Espa­nha e Vivian Altman de Brasil. As quatro realizadoras, cuja relação com a imagem também é culturalmente vinculada ao seu lugar de perten­ça, questionam os estereótipos da mulher africana, iraniana, espa­nhola e brasileira, para concluir que a identidade se estabelece não só como pertença a um de­terminado grupo social, religioso ou cultural, mas também como uma forma de partilha de valores universais comuns.

O documentário “Na Dobra da Capulana”, de Camilo de Sousa e Isabel Noronha é uma viagem ao 'reino' encantado da capulana, "que nos revelará um universo tipicamente feminino através de situações e narrativas de um grupo de mulheres que, tal como todas as mulheres moçambicanas, usam a capulana para diversos fins e lhe atribuem diversas significações”. Ao longo de 30 minutos, o documentário pretende “descobrir o sentido de ser mulher em diferentes épocas, ligadas entre si pelos traços, cores, padrões, desenhos, dizeres e nomes de cada capulana, na dobra da qual se esconde uma história única, singular”.