João Cabral Project

“Rio de Sonhos”

25 Aug 23h00
João Cabral Project

Não percas este “Rio de Sonhos”, um final de tarde acompanhado por João Cabral e o seu septeto, composto por grandes nomes da música moçambicana. Uma fusão única de sonoridades de música contemporânea com influências de Jazz, Afro, Samba e Montuno.
Irão tocar temas do seu primeiro álbum “River of Dreams” e do segundo “Walks of th Life”.

João Cabral- Guitarra e Voz

Armindo Salato- Baixo

Edmundo- Percurssão e Voz

Almeida Ngoca- Bateria

Nicolau Cauaneque- Teclado

Onésia- Voz

Sarmento- Saxofone

João Cabral é um jovem guitarrista, compositor, arranjista e produtor. Sua música é suave, harmoniosa, deliciosamente misturada e original, na maneira em que ele usa a guitarra e voz para liderar rítmos africanos e seduzir o ouvinte, reconciliando os estilos quentes dos hemisférios sul da África e América, e América do Norte também.

Já actuou em vários concertos e festivais de música, tais como: Pinacoteca (Rio Grande do Norte em Natal – Brasil, 2017), Sofresh Lounge (Manzini – Suazilândia, 2017), Beehive (Boston – USA, 2016), Festival Internacional de Música Italia-Mozambique (Maputo – Mozambique, 2016), Ryles Music Club  (Boston – USA, 2015), Pier Bar Cachoeira (Bahia – Brasil, 2015), DUN Baru (Kuala Lumpur – Malaysia, 2015), SHRINE Venue (New York – USA, 2014), Santo Scenarium (Rio de Janeiro – Brasil, 2013), Fixos Fluxos (Rio de Janeiro – Brasil, 2013), Teatro Sesc-Senac Pelourinho (Salvador da Bahia – Brasil, 2013), Tumaini Concert (Makumira – Tanzania, 2013), Afrikos Dienos International Music Festival (Vilnius – Lithuania, 2012), Nomazz Meets The Baltics Music Festival  (KUKU Tallinn – Estonia, 2012), Accra Music Concert (Accra & Cape Cost – Accra & Cape Cost, Ghana, 2011), Festival Internacional de Música Italia-Mozambique (Maputo – Mozambique, 2011), Swaziland International Music Festival (Simunye Fair – Swaziland, 2011); Jazz House (Copenhagen – Denmark, 2009); Giant Steps (Svendborg – Denmark, 2009); Rhythm Music Conservatory (Copenhagen – Denmark, 2009); Dunkers Kulturhus (Helsingborg – Sweden, 2009); Centro Cultural Franco Moçambicano (Maputo – Mozambique, 2009);  Green Dolphin Waterfront (Cape Town – South Africa, 2007).