TEATRO PARA OS MAIS PEQUENOS "O GATO E O ESCURO"

Direcção: Gigliola Zacara / Encenação: Fernando Macamo / Texto original: Mia Couto

7 Out 15h30
TEATRO PARA OS MAIS PEQUENOS  "O GATO E O ESCURO"

O GATO E O ESCURO

Direcção: Gigliola Zacara
Encenação: Fernando Macamo
Texto original: Mia Couto                                                                                                       

Descrição
O Gato e o Escuro é uma peça de teatro infantil baseada no conto adaptado por Mia Couto. O conto faz parte de uma colectânea de histórias e mitos de tradição oral que são recriados e ilustrados por escritores e pintores do país, com o objectivo de revelar a riqueza do imaginário moçambicano e aproximá-lo das crianças em formato de contos.  

Sinopse

O gatinho preto nem sempre foi dessa cor, antes era amarelo com pintas, tal que se chamava Pintalgato. O por do sol fazia a fronteira entre o dia e a noite, a mãe do gatinho se afligia de dia, só de pensar que o seu filho passasse além do pôr de algum sol. O filho fingia obediência, mas quando o Pintalgato chegava no limite da fronteira espreitava o lado de lá, no mundo estranho proibido. Seus olhos brilhavam tanto, até que um dia atreveu-se a passar totalmente para o outro lado, repetindo por vários dias, até que se transformou num gatinho preto.

Sobre o Centro de Recriação Artística.

Foi criado em Fevereiro de 2009 por iniciativa da artista Gigliola Zacara, fundadora do mesmo, com o propósito de promover, desenvolver, incentivar e difundir actividades de carácter cultural, recreativo e social. Nesse contexto, já participou e realizou diversos eventos, oficinas artísticas e actividades de género nos bairros, escolas e outros espaços, apoiando as várias causas sociais ligadas as crianças e jovens. No seu percurso, relativamente às actividades artísticas, mais propriamente para o teatro, criou um projecto denominado "Oficina de teatro e contos infantis", com o objectivo de incentivar a leitura e escrita através de actividades lúdicas e seu impacto na educação da criança. Desta forma, já produziu várias criações que foram apresentadas em diversos espaços, sendo as mais recentes Melissa e o Arco-íris, O Rei Mocho, Fim de pena e Greve Solitária.

Ficha técnica

Texto original: Mia Couto
Direcção: Gigliola Zacara
Adaptação: Gigliola Zacara e Fernando Macamo
Encenação: Fernando Macamo
Interpretação e co-criação: António Sitoi, Fernando Macamo, Maria Clotilde
Música: Célia Madime
Apresentação: Palhaço Biscoito - Eduardo Castigo Tembe